segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Hoje vesti-me de cores quentes

Vermelho vivo, como o meu sangue que salta nas veias, cavalo selvagem que corre em mim...

Azul mar, sou feita de ondas enérgicas que ondulam no meu corpo, danço até o dia nascer...

Amarelo sol, fervo de emoção, força da natureza que me move como um vulcão, quando amo, beijo, entro no teu mundo de magia...

Hoje vesti-me de cores quentes...Porque hoje, simplesmente me vesti de ti...

 (Cris Anvago)