sábado, 8 de março de 2014

A noite por vezes pesa nas pálpebras cansadas que sonham, sentem e amam, nas palavras ausentes da memória que voa...(Cris Anvago)