terça-feira, 4 de março de 2014

Sei que tenho cor para te pintar
Com luz e tranquilidade
Emoções e loucuras no teu corpo
Invisíveis tatuagens que perduram
Sei que o meu caminhar é seguro
Transponho obstáculos sem hesitar
E, mesmo que uma nuvem
paire no meu olhar
Sei ser sol
Sei ser lume...
Sei transformar nas tuas veias
Um pequeno rio num enorme mar
Sei que sou única
Sei que sou forte e frágil
Sou assim e não penso mudar!
Gosto de me enfeitar com uma rosa
E ser mel nos lábios
Língua que dança no beijar
Sou e Sei!
(Cris Anvago)