sábado, 1 de março de 2014

Dou-te o sol
dançamos na nossa fantasia
Provamos e saboreamos a noite
Bebemos a luz da lua
Amarra o teu corpo no meu
Nós vivemos nas horas paradas
Fazemos amor nos minutos loucos
Do relógio que ecoa
No quarto que irradia luz
Dás-me o princípio de ti...
Descubro os mares onde navegas
A paixão não tem fim
Velas ao vento
Naufragamos na onda
Que invade a nossa imaginação
Beijo...calafrio...pernas...dedos...mão...
Pele que renasce
No toque que nasce da emoção
(Cris Anvago)