sábado, 1 de março de 2014

No sal derramado no meu corpo
A tua língua foi mel
Que percorreu a minha pele
Febre e mar
Loucura...
Luar nos teus olhos
Os seios delirantes
No desespero dos segundos
Do teu e meu eterno amar
(Cris Anvago)