sábado, 1 de março de 2014

No vazio das minhas mãos
O infinito do teu corpo
Dança na escuridão da noite
Procuro os teus lábios com os meus
O odor primaveril que emanas
Preenche o espaço
Ilumina o meu olhar
Vem ter comigo amor
Estou com desejo de te amar
(Cris Anvago)