domingo, 6 de julho de 2014

ENCONTRA-TE...REVELA-TE...

Não procures fora de ti
O que existe dentro
Solta a gaivota de sonhos
Os sorrisos de ternuras
As palavras loucas e sem sentido...
Procura-te
Encontra-te
Ilumina-te intensamente
Espalha carinhos com o olhar
Ternuras com as mãos
Se gostares de ti
Muitos irão gostar e sentir
A beleza e a magia
Antes escondida
Solta-te como uma onda de Amor
Na ilha de magia que és!
(Cris Anvago)