terça-feira, 29 de julho de 2014

VIDA SOFRIDA

Não queria sentir
Os teus passos perdidos
No labirinto do destino traçado
Da vida que não nunca foi simples
Mas pior agora, que te parece
Um presente envenenado
Queria sentir-te na tranquilidade
Da nuvem que passa no céu azul...
Num dia sorridente e ensolarado
Queria que sentisses
A sensação do beijo sempre desejado
Um abraço que te envolva
Num mundo melhor menos complicado
Ofereço-te os meus braços
O meu sorriso e o meu beijo
Para te confortar e fazer do teu dia
Mais tranquilo, sentido por alguém que te ama
Que está, em qualquer circunstância
Sempre ao teu lado!
(Cris Anvago)