quarta-feira, 23 de julho de 2014

SERÁ...É....

Será prazer se arrepiar
Se gemer, delirar!
É prazer sem promessa
Sem dúvidas
Sem remendar as palavras
Encontrar-te nos silêncios
O ar respira-te na voz que te fala
A minha que voa até ao interior de ti...
É prazer se delirar
Só é orgasmo se voar!
Momentos de risos
Tempo de sentimentos
Segredos que se abrem
Verdades que se atropelam
Nos lábios que dançam
Nas línguas que falam nos corpos….
(Cris Anvago)