quarta-feira, 23 de julho de 2014

Não pretendo que as minhas palavras e emoções se espalhem pelo mundo
Só espero que se espalhem em ti...
Tu...que me lês e sentes...revelas-te e encontras-te
Bom sentir que te soltas nos espaços entre as minhas palavras...
(Cris Anvago)