domingo, 6 de julho de 2014

O TOQUE

Que o toque tenha a suavidade do coração
Sejam pétalas de rosas os dedos
Que vibram nos sonhos adormecidos
Da pele que estremece
No corpo que suavemente balança
Grita e enlouquece
O toque dos teus lábios nos meus
Mergulho de sensações mágicas e revigorantes...
Rejuvenesço em cada olhar
Enlouqueço de sorriso em sorriso
Que seja primeiro o toque
A loucura da paixão nasce no momento
Em que te esqueces do mundo
As nuvens são tuas
Existe uma ou muitas luas?
Sol que ferve nas línguas que incendeiam
O toque que permanece
No beijo que não esquece
Que dançar contigo é magia
(Cris Anvago)