terça-feira, 28 de outubro de 2014

    Vivo e sonho para além do possível, porque existe um impulso impossível que se quer soltar de mim…(Cris Anvago)