quarta-feira, 15 de outubro de 2014

    Quero abrir a porta do avião
    Aterrar nas nuvens
    Ver os sonhos de cada um
    Como balões azuis
    Pendurados nas estrelas...
    Soltá-los
    Para que voem
    E sejam realidades!
    (Cris Anvago)