terça-feira, 28 de outubro de 2014

MUNDO SÓ NOSSO

    A linha do horizonte
    Separa a realidade do sonho
    Pairo em harmonia...
    Entre a noite inquieta
    E o dia incerto
    Vive no meu peito o amor
    O desejo de despertar
    Sempre louca nos teus braços
    Sou gaivota nos sonhos
    Onde desencanto o encanto dos teus olhos
    Vibro no toque que me (te) arrepia
    Sou a luz do luar que não quer desaparecer
    Ficar e sonhar sempre a teu lado
    Num mundo onde a alegria é felicidade
    O sonho é vivido, não é amarrado
    Tabus e preconceitos
    São o incêndio na bela floresta
    Que tudo devastam
    O céu que nos observa é azul
    E as nuvens são suaves e sorriem-nos
    Na liberdade somos loucos no amor
    Únicos no despertar abraçados
    Amor é palavra onde tudo se abraça
    No abraço que te dou
    Dispo-me e visto-te de paixão
    (Cris Anvago)