quinta-feira, 17 de março de 2016

Coração
Não sejas assim
Tão emotivo e ingénuo
Vê que nem tudo é um jardim
Que alguns sentimentos têm fim
Não voes sem destino
Sem veres o caminho
As nuvens, por vezes são escuras,
o sol nem sempre aquece
foge do que te não faz bem
pensa um pouco e esquece
que quem te faz mal
deixa-te doente e triste
o olhar nem sempre é cristalino
o carinho nem sempre é destino
não te piques na rosa
que apesar de bela e perfumada
pode ser cruel, rebelde e, quando se revolta
tudo pica à sua volta
não te deixes enganar pelo perfume
olha e sente…
pede conselhos à razão
não sejas ingénuo meu coração!

(Cris Anvago)