domingo, 13 de março de 2016

Sou assim
Meio desajeitada, meio perdida, um pouco tímida

Sou assim
Gosto de falar e que falem comigo
Trocar ideias, projectos, adoro completar sonhos

Sou meio perdida
E, os silêncios têm um lugar certo na minha vida, nem demais nem de menos e sempre nas horas certas.

Sou assim
Confio e fico magoada quando não confiam em mim
Quando aparecem reticências vindas do nada
Nevoeiro denso, que aparece sem se saber de onde

Sou assim
Sol mesmo que seja tímido atrás da folhagem de uma árvore
Aquela árvore que tenta sempre manter-se de pé…

Sou assim
Tento expandir os meus braços e abraçar quem gosta de mim…

Cris Anvago