terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Mesmo na noite mais fria
O teu corpo ferve ao meu toque
Desfolho os teus desejos
Visto-te com cada um deles
Pequena é a noite
No teu corpo de prazer
(Cris Anvago)