sábado, 1 de fevereiro de 2014

Nas minhas mãos
A seda da tua pele
Nos meus lábios
O sabor do teu beijo
No meu corpo
O cheiro do teu desejo
No meu coração
O bater da tua paixão
Na minha voz
Murmúrios de vulcão...

Nua, inteira, sou mais que lareira
Sou fogo que arde em ti
(Cris Anvago)