sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Nos meus momentos loucos
As palavras desmancham-se
Em prazeres inconfessáveis
Brincam e correm
Afagam a pontuação
que nelas existe
As palavras
Enlouquecem comigo
Em paixão e calor
Derretem-se...

Fundem-se...
Amam-se...
Incontroláveis
as palavras...são mel...que escorre...
pela página branca....sem pudor!
(Cris Anvago)