segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Iluminei o corpo...
Eras noite escura
Neblina no teu rosto
Agora és sol e mar
Roubei todas as estrelas do céu para te oferecer.
Iluminei-te com um toque...
(Cris Anvago)