sábado, 1 de fevereiro de 2014

Navego em ti
Nas tuas veias o meu calor
Lá fora a lua sorri
Brinco nos teus lábios
E um doce beijo é desejo
Na noite quente
Um pássaro canta, melodioso
Serenata de paixão
Abraçamo-nos numa dança suave
Os corpos estremecem...

Sufoca a pele
Suspiras no meu pescoço
E...lentamente...descaio...no teu corpo...
Nas tuas veias o meu fogo
Nas minhas coxas as tuas mãos
Navegamos?
(Cris Anvago)