terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

O corpo vibra, arrepia
No sonho dos afagos
Prazer que ilumina
Pele suave
Mente que sente
Nuvens do prazer
Céu, terra, viagem...
Vermelho, paixão
Roupas arrancadas...

Esquecidas pelo chão
Corpo que espera
Mãos que desesperam
Dançam, passeiam...
Vestem o corpo de carícias
Malícias incontroláveis
Amor que se veste
Em cores quentes
Fogo que escorre
Em suaves pinceladas de vida!
(Cris Anvago)
 
Quadro: Marta Bessa
Foto