sábado, 16 de agosto de 2014

Nas palavras ausentes
Os gestos gritam
Os toques que arrepiam
Fazem do futuro o presente!
(Cris Anvago)