quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Por tudo o que decifro
Na mudez dos teus lábios
Onde adivinho o desejo nos teus olhos
Quero que o meu mundo
Seja o teu cheiro que está presente em mim
Esta noite será como tantas outras
Dizes que sim com o teu corpo
Na voz que encanta os meus sentidos
Mergulho no silêncio das tuas palavras
Amo-te em gritos que não ecoam no silêncio da noite…
(Cris Anvago)