terça-feira, 25 de novembro de 2014

As barreiras são construídas por ti
Sentes que te protegem
Por vezes de algo que nem sabes o quê
Quando construíres uma barreira
Não te esqueças
Tens que deixar espaços abertos
A amizade pode querer entrar
Tu podes querer sair
Não te aprisiones em ti!

(Cris Anvago)