domingo, 9 de novembro de 2014

    Podem chover palavras
    Continuo a amar vendavais de carinhos
    Toques electrizantes
    Trovoadas de gemidos
    Orgasmos em arco-íris...
    Podem chover palavras
    Mas que não me faltem os gestos no amor…
    (Cris Anvago)