domingo, 16 de novembro de 2014

    Nas minhas mãos o teu sorriso
    Tenho o colo que precisas
    Tenho a luz do teu desejo
    Não existe escuridão
    Nas palavras não ditas...
    Caladas
    Nos gestos renovados
    Nas minhas mãos o teu coração
    O choro e a sensibilidade de ti
    Seguro-te nas minhas mãos
    Afago-te…
    O teu odor em mim…
    Nas minhas mãos os teus sonhos…
    (Cris Anvago)