segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Quero o teu corpo nu
Vestido com as minhas carícias
Iluminado como a lua cheia
Quente como uma fogueira
Quero todos os teus sentires
Que o teu corpo seja o meu
(Cris Anvago)