domingo, 16 de dezembro de 2012

Os meus dedos tocam tão suavemente a tua pele
Que todo o teu corpo se arrepia
São como uma breve brisa de mar quente
Que passeia por ti
E o teu corpo ferve...fala...de desejo
E os meus dedos continuam
A percorrer o teu corpo
Desenhando cada recanto de ti
E em cada arrepio uma emoção
Meu amor...
(Cris Anvago)