segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

O amor nasce em mim
Todos os dias renasce em ti
Partilhamos alegrias e tristezas
Amamos silêncios 
Olhares
Vozes meigas na escuridão
Luminosidade em nós
O amor sempre se renova
Sempre trememos de desejo
Basta um toque meu
A chama do amor ilumina-nos
(Cris Anvago)