sexta-feira, 18 de abril de 2014

A vida é um sopro
Uma brisa em nós
Viver é uma arte
Amar é um privilégio
Num sopro nascemos
Numa brisa suave desaparecemos
Amar é o que nos resta
Sorrir e dar a mão...
Ignorar quem nos ignora
Amar de coração quem nos ama
A vida é um sopro
Mas os momentos que cá estamos
Que sejam verdadeiros e plenos
Ao lado de todos que nos amam
(Cris Anvago)