sexta-feira, 18 de abril de 2014

SÓ CORPO...OU TUDO?

Podes ver-me nua
Mas se não me amares
O corpo não dança
O olhar não tem beleza
Serei igual a tantas outras
Um corpo só é belo quando se ama
Se o coração for amado
Ama-me por inteira...
Com os meus defeitos e qualidades
Não sou uma parte
Sou o todo que só é teu
Se amares tudo!
(Cris Anvago)