sexta-feira, 25 de abril de 2014

SEMENTES...SE MENTES....

Dentro da minha imaginação
Nascem sementes de amizade, amor, paixão
Sementes minúsculas
Que crescem em cada abraço
Momento de ternura
Beijos de Amor…

Fora de mim a semente cresce...

Torna-se flor
Perfuma a amizade, o amor
Os meus braços de flor abraçam-te
Envolvem-te em fantasias e sorrisos
Felicidade que cresce em ti
E eu cresço e renasço em cada afago

Mas…
Se mentes…
A flor não cresce, os sonhos não florescem
Os braços ficam vazios
A amizade murcha
O amor árido evapora-se
Se mentes…
Nada faz sentido
Tudo é vazio
O belo ignora-se
A semente não vive…se mentes…

Nascem sementes em mim coloridas e cheias de amor!
(Cris Anvago)