sexta-feira, 18 de abril de 2014

ÉS...SOU...

Gosto do teu jeito atrevido
Que me desnuda o mistério
E me arranca o suspiro
Calo-me quando me olhas
Toco-te para te ouvir
Dou-me para te sentir
Quanto mais és
Mais eu sou!
(Cris Anvago)