sexta-feira, 18 de abril de 2014

CORAÇÃO DE AMOR

Grande é o Amor que vive em mim
Pequenas as mentalidades que não compreendem
Que amar é um todo
É permanecer e não esquecer
Ter coração enorme e suave
Sorrir quando se beija
Dedilhar nuvens suaves no corpo
Grande é o amor que vive em mim...
No coração de quem me Ama
Estou presente na ausência
Dos minutos entardecidos
Do relógio que teima em perder-se
No círculo vicioso e enfadonho
Que é a sua sina
Quem me Ama
Sabe que o meu amor é louco e infinito
(Cris Anvago)