sexta-feira, 18 de abril de 2014

TUDO

Junto à minha sombra
Sempre existe a tua ao meu lado
A minha voz acaricia o teu corpo
No meu coração o meu amor por ti
O amor não termina
A voz não se cala
O abraço não fica vazio
Não existe o “nada”...
Quando permanece o “tudo”
Em mim…
(Cris Anvago)