sábado, 10 de maio de 2014

A PALAVRA

A palavra é soberana
Teatral, fingida, real
A palavra pode ser verdadeira
Ou falsa
Ser vazia ou ter sentimento
A palavra pode ser alegre ou tormento
Pode ser grande ou minúscula
Pode gritar ou sussurrar...
A palavra até pode tocar
E ser tocada
Ser fiel e ser amada
Ser sonho
Imaginada
A palavra pode tudo!
Depende de quem a diz
De quem ouve e sente
A palavra para mim não é banal
É profunda, viva, tem sentimento!
(Cris Anvago)