sábado, 24 de maio de 2014

QUEDA EM TI

Quando eu cair
Que seja em cima do teu corpo
Que ilumina o meu
Danço em ti
Coxas que remexem, balançam
No teu corpo já suado de prazer
Que eu caia e toque no teu segredo
Que beijo e perco-me ...
Nas curvas dos meus suspiros
A minha língua percorre-te
De cima para baixo
De baixo para cima
Na melodia certa da paixão
Com as palavras de desejo
Levanto-me e caio
Entrar e sair no corpo que me espera
Que eu caia e demore em ti
Para toda a vida…
(Cris Anvago)