sábado, 10 de maio de 2014

TODA A VIDA

Quando chegaste
Trazias as mãos cheias
De amor e carinho
Dançaste no meu corpo
Como uma onda irrequieta
E eu voei nos teus beijos
Sou dona das estrelas
Navego nas tuas doces nuvens...
Beijas-me
Como se só existisse aquele momento
No meu imperfeito sonho
Partiste com um sorriso
Perco a vontade de voar
Por um momento
Só por um momento
Até voltares
E de novo voarei no teu céu de amor…
Perdi-te por um segundo
Encontrei-te para toda a vida!
(Cris Anvago)