sábado, 17 de maio de 2014

No lago onde mergulho
Água cristalina que desce de uma cascata
Acaricia-me a pele como mãos que abraçam
Sinto a paz…Sinto-me em paz…
(Cris Anvago)