sábado, 10 de maio de 2014

É FÁCIL AMAR

É fácil
De dia sorrir, ao sentir o sol aquecer a pele
Quando a noite chega
Sentir o teu sorriso no meu
Eu só quero
Ser a luz que existe em ti
Quero ser o navio que te leva
Levantei-me e olhei-te...
Vesti-me com os teus gestos
Iluminei a madrugada com um beijo
Os meus dedos acenderam-se
Na tua pele quente e suave
Fui onda gigante
Estendi-me e rebolei na areia de ti…
(Cris Anvago)