sábado, 10 de maio de 2014

TELA

Espalhei gestos no teu corpo nu
Transformei dedos
Em pincéis de mil cores
És tela iluminada na noite escura
Onde derramo a minha loucura
Gemidos e gestos insanos
Teu corpo colorido
Que tatua o meu ...
Com as cores que te pintei
Orgasmos que se expandem
Braços, coxas, ventres
Veias dilatadas de prazer
Gemidos coloridos de nós
(Cris Anvago)