sábado, 10 de maio de 2014

PALAVRAS BARALHADAS

Baralha as palavras
Ralha, lavra, grita, e leva
Sentimentos não se elevam
Sem ti…
Momentos…não voam…
Caminha nas pedras leves
Minha nuvem de algodão
Doce, mão, vem, no corpo...
Acaricia a pele
A carícia que nasce nos dedos
Desce pelo corpo
Elo que é alma cresce o desejo
Do beijo intenso
Doce, algodão, beijo de desejo
Baralha as palavras
Junta sentimentos
Sem ti
Não existem doces momentos…
(Cris Anvago)