sábado, 6 de setembro de 2014

Amo-te sem explicação
Não existe razão
Para um coração apaixonado
Canto por te amar
Sei que gosto
Do teu terno beijo
Quando me olhas intensamente
Sinto-me nua
E adora que me vistas
Com a ternura e beleza...
Das palavras que são flores
No meu corpo feito jardim
Amo-te porque amo
Por todas as razões que tenho
Para te amar cada vez mais!
(Cris Anvago)