domingo, 28 de setembro de 2014

ÉS TU EM MIM

    Quero-te
    Entre o dia e a noite
    Entre o grito e o silêncio...
    Nos momentos frios e quentes
    Entre lágrimas e sorrisos
    Nos mágicos paraísos
    Onde os nossos corpos se espreguiçam
    Onde as ondas adormecem
    Na areia que as esperam
    Línguas que lambem
    O sal que adormece nos corpos
    Vivo-te entre horas e segundos
    Entre instantes que são gritos mudos
    No dia que nasce e desaparece
    O teu corpo ao meu pertence
    Nos teus olhos o mar
    Que desagua no meu corpo nu
    Quero-te mais que a vida
    Sou eu e tu!
    (Cris Anvago)