segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Para mim não existem infinitos
Caminho na direcção que escolho
Sabendo quais são os meus limites
Posso não alcançar as nuvens
Mas as estrelas sim
Posso não ter o oceano
Mas o mar no meu corpo
Seguindo os meus limites
Passo a passo
Posso chegar ao que eu pensava ...
Ser o infinito
Com calma, paciência e luta
(Cris Anvago)