quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O SOL E A LUA

Quando o sol nasce
A lua vai-se deitar
Está exausta de tanto brilhar
E pensa o sol que brilha mais
A lua é a companheira
Dos solitários que se perdem na noite
Dos sonhadores
Dos enamorados...
O sol dá-lhes a energia
Perdida ao som da lua
Nas noites de insónias
De solidão
E, para alguns, de infinita paixão
De promessas e beijos loucos
De amor que sabe a pouco…
(Cris Anvago)