quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Vem…
Dá-me a mão
Vamos mergulhar naquele mar
Que parece infinito para nós…
Vem…
Mergulha comigo nas águas límpidas
Sente o sal na pele
Beija a concha que se abre
Pérola preciosa
Que precisa ser cuidada para crescer...
Vem…
Imagina-te no fundo do mar
Onde os cavalos-marinhos dançam para ti
Onde as estrelas brilham
Vem…
Aninha-te nos meus braços
Deixa-me mergulhar no mar de ti
Sereia que canta e encanta na noite
Onde as estrelas iluminam o mar
Onde a lua também quer naufragar
Vem….
(Cris Anvago)