sábado, 6 de setembro de 2014

Chegar ao cume da minha alegria
Acariciar o teu corpo
Que me suaviza a alma
Vestida de flores
Trepar na árvore milenária
E gritar no bosque do encantamento
Povoado pelos sonhos
Amo-te!
E ecoa o meu coração
No meio do silêncio...
A noite acordou
Entrelaçada fico nos teus beijos meu amor…
(Cris Anvago)