domingo, 22 de junho de 2014

Quando o meu corpo amanhece
Perto do teu
A magia acontece, sou flor de luz
Acorda a pele em chamas
Murmuro o teu nome
Acordas e recordas-me como é maravilhoso amar-te…
(Cris Anvago)